ABRAIDI promove encontro para debater sobre regulamentação da profissão de instrumentador cirúrgico no Brasil

ABRAIDI promove encontro para debater sobre regulamentação da profissão de instrumentador cirúrgico no Brasil

ABRAIDI promove encontro para debater sobre regulamentação da profissão de instrumentador cirúrgico no Brasil

O fornecimento de instrumentadores cirúrgicos para médicos e/ou hospitais nas atividades dos distribuidores foi tema de uma reunião promovida pela ABRAIDI, em São Paulo, no dia 11 de dezembro. O assunto foi colocado em pauta no momento em que o Congresso Nacional analisa o Projeto de Lei – PL 3869/2015, que visa regulamentar a profissão de instrumentador cirúrgico no Brasil.

 

Os distribuidores afirmam que o acréscimo de custo indevido – seja por riscos trabalhistas (como radiação, insalubridade, horas extras), responsabilidade civil e criminal, entre outros – não é suportável pelo setor, além de ser prestação de serviço incompatível com a autorização de atividades do distribuidor perante a Anvisa. Por outro lado, a gestão de materiais, equipamentos e tecnologias, em alguns casos, tem no instrumentador uma alternativa de controle.

“A reunião foi muito produtiva e contribuirá para que a ABRAIDI formule propostas para contribuir com o debate, seja no Congresso ou em outros órgãos, a fim de resolver os impasses entre distribuidores e hospitais”, finalizou o diretor técnico, Sérgio Madeira. Além do debate junto aos associados, a ABRAIDI irá se reunir também com alguns profissionais de hospitais para discutir tecnicamente o tema.

Fonte: Doc Press Assessoria

Galeria de Fotos
Voltar